Skip to content

‘Especiais’

Long snapper – Tem o papel de passar a bola para o holder posicionar a bola para o chutador durante um field goal ou no extra-point, ou num num punt lançando a bola para o punter.

Holder - É o jogador que recebe o snap durante field goal e as tentativas de extra point. Posicionada entre sete e oito jardas atrás da linha de scrimmage. Se ajoelha e coloca a mão mais distante da linha de scrimmage no chão e estende a outra à espera da bola. Depois de receber a bola, a coloca no chão o mais rápido possível, de modo que uma extremidade encoste no chão e a outra é apoiada por um dedo. Ele gira a bola para que os laços da bola fiquem de frente para os postes da baliza de forma que o kicker chute a parte lisa.

KickerPlacekicker, ou simplesmente kicker (em português: Chutador), é uma posição do futebol americano que atua no time de especialistas cuja a responsabilidade é chutar os field goals, extra points e, como na maioria dos casos, fazer os kickoffs. A posição de Kicker é não é tão valorizada, sendo esta uma das posições mais mal pagas do futebol americano na NFL. Apesar de serem desvaloriazados, os kickes já foram responsáveis pela vitória de vários times em situações importantes, como o chutador Adam Vinatieri, cujo os chutes garantiram dois Super Bowls a New England.

Punter – É uma posição do futebol americano que atua no time de especialistas cuja responsabilidade é fazer o chute de devolução (punt). O punter recebe o snap diretamente do long snapper, que está posicionado na linha de scrimmage, e executa o punt, chutando a bola o mais longe possivel para o adversário, a fim de dar a ele a menor vantagem possível em campo. Isto geralmente acontece numa situação de quarta descida no futebol americano dos Estados Unidos ou na terceira descida no futebol americano canadense. Os punters podem fazer parte também do fake punt nas mesmas situações de devolução de bola, quando lançam ou correm com a bola ao invés de executar o punt. Durante o chute de devolução, um bom punter precisa ter um excelente hangtime, o tempo que a bola fica “pendurada” no ar. Isso dá tempo para seus companheiros chegarem ao retornador adversário. Apesar de selerem desvalorizados no futebol americano da NFL, a posição de punter é de extrema importância em termos de posição de campo. Quanto mais longe o chute, mais difícil será para o adversário percorrer o campo inteiro para pontuar. Um coffin corner acontece quando um punter faz um chute quase perfeito para a lateral do campo, acertando a linha de cinco jardas do adversário, ou até menos, próximo à end zone adversária. O punter também pode chutar a bola nos limites do campo e esperar que ela pare, sem ser retornada, o mais próximo possível da end zone. Caso a bola role para a end zone, é caracterizado um touchback, e a bola vai automaticamente para a linha de 20 jardas. Recrutamento - Ray Guy, ex-punter do Oakland Raiders, foi o único punter de origem a ser selecionado na primeira rodada de um recrutamento da NFL. Guy é considerado por ter valorizado a posição e até é creditado como um dos responsáveis pelos trêsSuper Bowls do Oakland. Ele jogou entre 1973 e 1986, e terminou a carreira com uma média de 42,4 jardas por punt.

Kickoff sepecialist – (em português: Especialista de Kickoff; abreviado: KOS) é uma posição no futebol americano dos Estados Unidos e do Canadá. Kickoff specialists são membros do special teams (time de especialistas). Eles são responsáveis por chutar a bola durante o kickoff. Esses jogadores são conhecidos por ter uma perna forte, capazes de fazer touchbacks, mas não possuem a técnica ou a pericia de um kicker (Chutador) ou de um punter. Devido as restrições no rosters, muitos times da NFL não possuem um Kickoff Specialist, usando seus punters ou kickers para fazer os kickoffs. Durante a temporada de 2009, Rhys Lloyd do Carolina Panthers e David Buehler do Dallas Cowboys são os únicos jogadores da liga a serem reconhecidos como Kickoff Specialist.

Gunner - Artilheiro, também conhecido como um atirador ou kamikaze, é um jogador que atua em situações de kickoffs e punts e se especializa em correr pela linha lateral muito rápido em uma tentativa de recuperar o kick returner ou o punt returner.

Punt returner – No futebol americano dos Estados Unidos e do Canadá, o retornador de punts (em inglês: punt returner, PR) é um jogador do special teams (time de especialistas) que é responsável por retornar os punts na posição oposta de sua end zone. Se a bola rolar até sua própria endzone, ele deve resolver se retorna ou não. Se ele decidir não retornar, ele pode pedir o touchback se ajoelhando na end zone depois de pegar a bola, o que dá a seu time a bola na posição da linha de 20 jardas. Caso o punt não chegue a entrar em sua endzone nem saia pela linha lateral (pois, nesse caso, o ponto onde a bola sair indicará automaticamente o local de onde o jogo será reiniciado) pode, ainda, pedir fair catch, que é um sinal de mão feito sobre a cabeça, indicando que não tentará o retorno, terminando ali a jogada e determinando onde se iniciará a próxima campanha ofensiva de sua equipe. O retornador é normalmente o jogador mais rapido do time, normalmente um wide receiver, defensive back ou um running back reserva. Um retornador de punts pode ser um retornador de chutes também.

Kickoff returner – No futebol americano dos Estados Unidos e do Canadá, o retornador de chutes (em inglês: kick returner, KR) é um jogador do special teams (time de especialistas) que é responsável por retornar os kickoffs na posição oposta de sua end zone. Se a bola rolar até sua própria endzone, ele deve resolver se retorna ou não. Se ele decidir não retornar, ele pode pedir o touchback se ajoelhando na end zone depois de pegar a bola, o que dá a seu time a bola na posição da linha de 20 jardas. O retornador é normalmente o jogador mais rapido do time, normalmente um wide receiver, defensive back ou um running back reserva. Um retornador de chutes pode ser um retornador de punts também.